O desenvolvimento do site da Toxicologia Pardini incorpora diversas funções para facilitar a acessibilidade e a navegação de pessoas deficientes.  O site foi desenvolvido seguindo as orientações do World Wide Web Consortium (o W3C, Consórcio Mundial de Internet), organização internacional que trabalha, entre outras coisas, para aprimorar a acessibilidade na internet.

Entre esses cuidados destacamos:

Compatibilidade com browsers

  • Alguns cuidados foram tomados no desenvolvimento desse site, visando a compatibilidade com o maior número de navegadores e cenários de navegação possível, permitindo que o conteúdo seja visualizado por pessoas com necessidades especiais e por navegadores em modo somente texto (como o Lynx).

Aderência aos padrões

  • Todas as páginas nesse site validam como XHTML 1.0 Strict. Isso garante que qualquer navegador que implemente esse padrão conseguirá renderizar a página de forma correta.
  • Todas as páginas nesse site utilizam linguagem de marcação semântica estruturada. Tags do tipo H1 são utilizadas para títulos de página, H2 para subtítulos e H3 para sub-sub-títulos. Isso permite que usuários de navegadores que suportem essa marcação semântica estruturada, naveguem entre as seções diretamente.
  • Todas as páginas tem o atributo de linguagem especificado, que garante que sites de busca como o Google irão identificar corretamente a língua de cada página, e permite que programas para leitura de páginas (para usuários com deficiência visual, por exemplo) em voz alta também façam essa identificação corretamente.
  • Muitas das páginas tem meta-atributos com informações relevantes ao seu conteúdo, como palavras-chaves. Isso permite que navegadores que suportem esse recurso organizem as páginas de maneira mais eficiente para o usuário, e facilita a indexação do site por mecanismos de busca.

Links

  • Muitos links têm o atributo ‘title’, que descreve o link em mais detalhes, quando não é possível inferir sobre o que se trata fora de contexto. Isso ajuda usuários que utilizam navegadores voltados a pessoas com deficiências visuais.
  • Nenhum link utiliza o alvo ‘_blank’, que força a página a abrir em outra janela do navegador. Isso garante que o histórico de navegação será mantido e deixa o controle de abertura de janelas extras nas mãos do usuário.

Imagens

  • Todas as imagens inclusas no site possuem descrições de sua função através do atributo ALT. Imagens decorativas tem atributo ALT nulo.

Design

  • O design do site é fortemente baseado em folhas de estilo CSS, que permitem uma configurabilidade maior e maior poder de personalização. Isso permite que usuários que tenham algum tipo de daltonismo possam utilizar uma palheta de cores personalizada diferente.
  • Todo o conteúdo das páginas é feito de forma a ser facilmente lido por um navegador que não suporte folhas de estilo.
  • Todas as páginas têm um título informativo, com o nome do site e o título do artigo atual, sendo possível identificá-las facilmente ao acrescentá-las nos favoritos.
  • Todas as páginas possuem um formato otimizado para impressão.

Referências

Comentários, críticas e sugestões sobre acessibilidade serão muito bem vindas e podem ser enviadas para o e-mail:  email@toxicologiapardini.com.br